3 aplicativos bizarros que existem para Android



Os aplicativos para tablets e smartphones são cada vez mais numerosos e destinados para os mais diferenciados fins, com o objetivo de sanar as mais diferentes necessidades dos usuários do mundo virtual, mesmo que algumas delas seja um tanto quanto malucas. Nesse sentido, passeando um pouco pela Google Play é possível encontrar algumas pérolas em forma de aplicativos que se dedicam a algumas atividades no mínimo inusitadas e que chamam a atenção pelas suas ações peculiares.

Não é difícil se surpreender com os aplicativos que existem por ai e, que muitas vezes é comum e até mesmo inevitável o questionamento sobre como alguém pensou nisso ou quis dedicar seu tempo para produzi-lo.

aplicativos bizarros para android

Aplicativos bizarros que existem para Android

Mais do que isso, é surpreendente ver o número de downloads para cada umas dessas aplicações. Pensando nisso, separamos três exemplos dos aplicativos que poderiam ser definidos como os mais bizarros para a plataforma Android.

Anti mosquito repelente

O aplicativo que em algumas circunstâncias pode ter utilidade não deixa de ser no mínimo estranho e nada prático quando se pensa no potencial de um repelente ou spray inseticida. O aplicativo funciona emitindo ondas sonoras que interferem na percepção do mosquito e impedem que ele consiga chegar até você. Busque por ele no Google Play e faça você mesmo o teste. Será que funciona?

ÍnlendingaApp

Esse aplicativo é baseado no Livro dos Islandeses. Trata-se de uma aplicação desenvolvida para os habitantes de uma pequena região com poucos cidadãos, com a funcionalidade de traçar a árvore genealógica de cada usuário para que os mesmos não corram o risco de se envolver com nenhum parente.

Hello, my name is

O aplicativo nada mais é do que um crachá virtual. Desenvolvido para que o usuário escreva seu nome e saia por ai com o smartphone pendurado e seu pescoço para que não precise dizer pra ninguém qual o seu nome, sendo no mínimo um aplicativo estranho.

Victor Palandi

Blogueiro e redator freelancer - Por favor. Deixe-nos um comentário abaixo sobre o artigo que acabou de ler.