Faça a manutenção periódica do carro e colabore na redução de acidentes



Os veículos são os responsáveis pelo maior índice de acidentes no trânsito e uma das grandes causas de morte de pessoas. Na maioria dos casos se percebe que uma das grandes causas de morte e acidentes está associada com a falta de manutenção que se dá para o veículo.

Acontece que muitos condutores acabam dando prioridade a outras coisas e deixam as revisões apenas para os momentos planejados pelas próprias montadoras, sem vislumbrar que o uso rotineiro do veículo podem trazer alterações para sua estrutura tradicional e contribuir para que você sofra algum tipo de acidente ou tenha prejuízos bastante superiores na hora de consertar as falhas.

A revisão deve ser pensada em todos os momentos em que se vai viajar ou submeter o veículo a um longo período de estrada que pode contribuir para o surgimento de algumas falhas.

acidente de carro

O motorista deve se preocupar com o kit de segurança e de apoio para o veículo, assim como atentar para os principais itens de funcionamento para que não haja surpresas durante o percurso e que você não seja surpreendido por um comportamento inadequado do veículo.

Itens a serem revisados

Na hora de revisar o automóvel é preciso vislumbrar o cuidado com algumas áreas que oferecem um maior risco e que costumam apresentar maiores problemas. Nesse sentido, sempre verifique os estados dos pneus, garantindo que estão bem fixos, com calibragem adequada, em boas condições, com rolamentos em bom estado e alinhados, além do que o estepe deve estar de prontidão e com as mesmas características.

No mais, é importante verificar os freios, o carburador, as condições de óleo, o estado de conservação e foco dos faróis, itens de segurança, bomba e tanque de combustível, o sistema de exaustão (escapamento e catalisador), além de checar os filtros e as velas do veículo. Pois desta forma com toda certeza você estará protegendo a si mesmo, amigos, familiares e terceiros.

Victor Palandi

Blogueiro e redator freelancer - Por favor. Deixe-nos um comentário abaixo sobre o artigo que acabou de ler.