A magia do futebol brasileiro virou um sonho para o torcedor

Já faz alguns anos que o futebol brasileiro não apresenta a mesma magia de outros tempos, o estilo mágico e irreverente de jogar bola que sempre foi copiado por outros países, agora é quem está copiando os gringos.

Antes participávamos dos campeonatos com craques consagrados mundialmente, habilidosos, inteligentes e gênios. Em tempos atuais, nossos dias de Luta, não representam dias de Glória, já que nossos atletas são fracos e possuidores de uma cintura de pedra, sem qualquer tipo de ginga. E isso faz com que nossas conquistas sejam em torneios insignificantes, perante equipes medíocres do cenário futebolístico.

É bem verdade que nossos técnicos são retrógrados, medrosos e rotineiros. Não assumem riscos e transformam nosso novo estilo de jogar futebol na mais ridícula forma em confrontar adversários, deixando o espetáculo muito cansativo e sem nenhuma magia para os apaixonados pelo esporte.

Estão acabando com a Magia do Futebol Brasileiro?

Durante décadas o Brasil foi à seleção de futebol mais temida do planeta devido o estilo próprio, gingado e irreverente de seus atletas. Mas, infelizmente fomos afastados por nossos treinadores do modo moleque de jogar com alegria e, infelizmente em dias atuais o futebol se tornou chato. Aliás, muito chato.

A saudade dos grandes craques e também do fino trato com a bola é algo que dói quando vejo jogadores como Daniel Alves, Huck, Fernando (Grêmio), Hernanes, entre outros atletas vestindo a camisa da seleção, pois são jogadores mecânicos, duros e completamente “robotizados” que fogem do maneira alegre do Brasil jogar futebol.

Precisamos urgentemente resgatar nossas origens, quem foi que disse que craques de futebol precisam de velhos treinadores para conquistar campeonatos. Basta distribuir as camisas com seus respectivos números e, entregar-lhes aos atletas titulares, tenho certeza que todos saberão o que fazer com a bola e a alegria voltará ao rosto do torcedor brasileiro.

Portanto, quando dizem que o Brasil tem 200 milhões de treinadores é verdade, pois todos nós sabemos que, para isso basta somente escolher os melhores atletas, e jogar o “arroz com feijão” sem qualquer esquema técnico inventado por Europeus.

Eu como “treinador” escolheria melhor que qualquer brincalhão que esteja à frente da seleção, seja ele, Felipão ou Parreira. Pois são esses os principais responsáveis pela mediocridade do nosso futebol, são eles que escondem a magia do futebol brasileiro, são eles que convocam Daniel Alves, Huck, Fernando (Grêmio) e Hernanes.

Sonho com o dia que voltarei a sorrir por uma apresentação da nossa seleção, mesmo que seja contra Malta, San Marino ou Angola. Sonho com o dia que deixaremos de possuir “esquemas táticos” falidos com jogadores mecânicos e brucutus.

Sonho..Sonho..Sonho com a volta da Magia do futebol brasileiro. Aliás, Sonhar não custa nada. Quem sabe um dia!

Senhor Ventilô

Editor e idealizador deste Blog - ▌▌▌▌▌▌▌▌COMENTE ABAIXO ▌▌▌▌▌▌▌▌