Veja como funciona processo de ação Trabalhista

Aprenda neste artigo o passo a passo para ingressar com processo de ação trabalhista contra o seu empregador, são dicas úteis que selecionamos para você.

O primeiro passo para ter sucesso na ação é contratar um advogado, seja ele, um profissional indicado pelo sindicato da classe profissional a qual você pertence, ou até mesmo um advogado particular. Mas saiba que para realizar o processo trabalhista é preciso contar com um advogado, de preferência especializado e com atuação nessa área.

É importante mencionar que a ação trabalhista realizada na justiça do trabalho é um processo rápido, e que existem duas formas de processo, sendo o Sumaríssimo, que são causas com valores inferior a quarenta salários mínimos, e ainda, o processo Ordinário que são valores superiores a este número.

Vale dizer que em ambos os casos as audiências são muito breves, onde provavelmente serão realizadas antes dos sessenta dias, isso após a entrada da ação. E nesse primeiro encontro entre empregado e empregador, saiba que será oferecido pela justiça um acordo, e assim resolver a questão trabalhista de imediato.

Audiência judicial de processo de Ação Trabalhista

Se por eventual fracasso de acordo nessa primeira audiência trabalhista, será designada uma nova data para nova audiência, onde serão analisados documentos anexados aos processos, e assim o juiz tentará finalizar a ação.

Caso nessa segunda tentativa não se chegue a nenhum acordo financeiro pelas partes, serão arroladas testemunhas para o processo, já que com os depoimentos dessas pessoas a justiça poderá dar seu parecer final para ação trabalhista em questão.

Analisadas todas as provas, ou seja, os documentos anexados ao processo e as declarações das testemunhas, chega-se a sentença judicial.

Porém, mesmo com a decisão do juiz é cabível recurso para a parte que se sentir lesada, onde ela poderá solicitar junto ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT) um novo julgamento referente à ação trabalhista. E assim, a sentença poderá mantida, ou até mesmo mudada pelos desembargadores do TRT.

Portanto, após essa decisão se ambas as partes estiverem de acordo com a decisão da justiça o processo trabalhista é finalizado.

Mas, caso isso não ocorra, existem outros recursos na tentativa de mudar a decisão do TRT, que é recorrendo ao Tribunal Superior do Trabalho (TST), e ainda, ao Supremo Tribunal Federal (STF). E a partir dessa ultima decisão o caso é encerrado, onde não caberá mais recursos algum a parte reclamante.

Espero ter ajudado com as informações mencionadas neste artigo intitulado ” como funciona uma ação trabalhista”, e ainda esclarecer algumas duvidas sobre os caminhos seguidos pelo processo.

Senhor Ventilô

Editor e idealizador deste Blog - ▌▌▌▌▌▌▌▌COMENTE ABAIXO ▌▌▌▌▌▌▌▌

  • Roque Junior

    Sem a carteira de trabalho ”você não é ninguém”, eu ouço isso o dia inteiro, pois trabalho nesta área e basicamente é verdade. Em quase tudo que for fazer, precisa deste precioso documento para finalizar a ação e sem ela sua vida será totalmente limitada.